Home / Dicas de Empregos / Fui demitido: o que fazer?

Fui demitido: o que fazer?

Se você acabou de dizer as palavras “ fui demitido“, não entre em pânico. Ao ficar calmo, você estará mais apto a adotar medidas que ajudarão você a superar esse problema mais rapidamente. Confira abaixo algumas coisas que você deve fazer imediatamente após perder seu emprego. Além disso, tenha em mente que qualquer espaço profissional é formado por altos e baixos e que são eles que trazem experiência a alguém. Saiba mais.

Não enlouqueça ao pensar “fui demitido”

Tente evitar que suas emoções tirem o melhor de você. Quanto mais calmo você ficar ao pensar “fui demitido”, mais rápido você passará por essa crise e entrará no próximo estágio de sua vida.

Não faça nada precipitadamente

Por mais satisfatório que seja enviar a antigos colegas de trabalho ou a listas de clientes um e-mail sobre tudo que há de errado com a empresa, não faça isso. – Você precisa proteger sua reputação agora mais do que nunca, e uma saída amarga e hostil tornará isso impossível.

Não assine um contrato de indenização imediatamente

Muitas empresas rotineiramente oferecem a demissão de funcionários em troca de assinar uma “liberação geral”. – Isso liberaria a empresa de quaisquer reclamações legais decorrentes do seu emprego. Se a você for oferecido isso, não assine nada no local. – Reserve algum tempo para analisar o contrato e considere a possibilidade de gerenciá-lo por um advogado. Você pode negociar um pagamento maior.

Contate o seu antigo empregador para negociar a forma como sua demissão será descrita para potenciais empregadores no futuro

Simplesmente ao perguntar, você pode conseguir que sua antiga empresa concorde em descrever sua demissão em termos neutros, melhorando suas chances de encontrar um bom emprego no futuro.

Tenha suas finanças em ordem

Antes de se desesperar ao pensar “fui demitido”, revise seu orçamento para os próximos meses e elimine todas as despesas possíveis. – Suponha que você pode não ter nenhum dinheiro vindo por pelo menos alguns meses, então reduza seus gastos ao essencial.

Não suponha imediatamente que você terá benefícios

As pessoas geralmente pensam que funcionários demitidos são imediatamente elegíveis para benefícios. – No entanto, os funcionários demitidos por má conduta intencional, ou seja, que foram demitidos por justa causa, podem muitas vezes não ter direito a nada.
  • Além disso, pode demorar um pouco para que os benefícios entrem em ação, portanto, esteja sempre seguro contando com um bom plano de ação.

Pense nas pessoas com as quais você quer manter em contato

Ao pensar “fui demitido”, leve em conta seus contatos. Não apenas colegas de trabalho, mas também clientes e fornecedores. Estenda a mão para eles. – Uma boa maneira de atenuar ansiedade de pensar “fui demitido” com ex-colegas de trabalho que podem não ter certeza sobre como lidar com sua demissão é dizer a eles o que você gostou sobre trabalhar com eles e por que eles são bons naquilo que fazem.
  • As pessoas ficarão impressionadas com sua classe.

Lide com a realidade

Uma vez que alguns dias se passarem e você começar a processar as notícias, dê uma olhada objetiva no que aconteceu. Não fique na defensiva ou se sinta envergonhado. Você entende por que seu chefe demitiu você? Há lições que você pode aprender para o seu próximo emprego? Pense nisso de forma realista e fria.

Lembre-se de que você não está sozinho

Muitas pessoas boas antes de você também foram demitidas e passaram a ter carreiras de sucesso. Você vai passar por isso também, então não se sinta só e saiba que seu futuro está apenas começando. Ao pensar “fui demitido”, não deixe que a ansiedade e o pessimismo atrapalhem você contando com as dicas acima.

Veja Também

Empregos mais solicitados entre mulheres no mercado de trabalho

O tema referente aos empregos mais solicitados entre mulheres têm sido bastante atual, embora o ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

19 + dois =

*