5 atitudes que você precisa começar a ter para controlar suas finanças

Você sente que é cada vez mais difícil controlar suas finanças, e já não encontra soluções para os problemas relacionados à falta de dinheiro? Talvez tudo isso seja apenas uma falta de organização, e você precise de um pouco mais de controle!

Primeiramente é importante destacar que esse problema não é enfrentado apenas por você. O brasileiro não tem qualquer tipo de educação financeira na infância, o que faz com que cresçam adultos descontrolados no que diz respeito ao dinheiro: quem tem muito gasta muito, e quem tem pouco… também gasta muito!

5 atitudes que você precisa começar a ter para controlar suas finanças

Felizmente, existem algumas estratégias para ajudar a conter isso, e que podem servir para que você aprenda a monitorar o seu dinheiro, e controlar os gastos. Recupere o seu fôlego financeiro, e fuja das dívidas!

É hora de controlar suas finanças! Veja as melhores dicas!

Com certeza você já percebeu que não adianta guardar dinheiro no cofrinho: na primeira necessidade você corre até ele para pegar. Chegou a hora de criar estratégias, e organizar essa bagunça!

Centralize as compras em um cartão:

Você possui muitos cartões? É muito comum que as pessoas esqueçam de pagar uma ou outra fatura, e com isso começam a ser gerados os juros absurdos. Centralize as suas dívidas em um único cartão, e se não precisa dos outros, cancele!

Leia a fatura todos os meses:

Acabe com essa mania e pagar a fatura no automático, sem observar com o que seu dinheiro foi gasto. Analise cada conta, recorde-se de onde gastou determinada quantia. Com isso você vai perceber que gasta muito mais do que precisa!

3.    Aprenda a dizer “não” aos seus impulsos!

Essa é uma das partes mais difíceis – mas, extremamente necessária! – para quem quer controlar suas finanças! Você precisa aprender a negar coisas que você mesmo quer. Analise primeiro qual é a importância e a urgência de uma coisa antes de comprar.

Entenda de uma vez por todas que querer é diferente de precisar, que, por sua vez, é diferente de poder. É crucial que você aprenda a consumir aquilo que pode, e assim conseguirá monitorar o seu dinheiro.

Comece a guardar uma quantia semanalmente!

Isso mesmo: semanalmente! Assim você desenvolverá o hábito de poupar dinheiro, e até criará gosto em ver o que uma pequena quantia pode se tornar. Para isso, guarde pouco dinheiro – 2 erais, 5 reais, 10 reais…o que couber em seu orçamento.

Tenha planos e metas:

Para facilitar ainda mais esse processo de controlar suas finanças, você deve traçar planos e metas! Através deles ficará mais fácil poupar dinheiro, e alcançar os seus objetivos financeiros.

Eles podem ser vários: quitar uma determinada dívida dentro de um determinado período, uma viagem em determinado mês, um carro, ou simplesmente guardar dinheiro por x meses. 

Entenda o seu custo de vida, e aprenda a viver dentro dele!

Pode parecer absurdo, mas a verdade é que a maioria das pessoas não sabem qual é o custo de vida em que estão inseridas. É preciso ter noção disso para se adaptar, e até mesmo para buscar por melhorias nesse padrão.

Fazer isso demanda muita calma e principalmente coragem. Quando você colocar as suas dívidas na ponta do lápis, talvez se depare com um montante assustador. Mas tudo bem! Esse é só o começo para monitorar o seu dinheiro, e resolver os problemas!

Controlar suas finanças demanda organização. Ao final você perceberá que viver sem dívidas e sem aperto é muito prazeroso, e vale a pena investir nisso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *